Romanelli otaiza de oliveira historia da educacao no brasil

Além dos cursos profissionalizantes, tinha cursos superiores como: Os Jesuítas com objetivo de proteger os índios, criaram as missões, assim os índios eram catequizados e orientados no trabalho agrícola e garantia aos Jesuítas uma fonte de renda. Assim os Jesuítas ganhavam confiança dos índios.

A LEI MAGNA DA EDUCAЗГO

E os indígenas eram apenas catequizados. Pombal pensava em reeguer. Portugal da decadência que se encontrava diante de outros potência européias da época. Criou também a Diretoria de Estudos que só passou a funcionar após o afastamento de Pombal.

Educação no Brasil

As aulas régias era autônoma e isolada. Com interesses envolvidos abriram-se os postos às nações amigas.

Isto apressa a volta de D. Ema 7 de setembro, seu filho D.

Propunha ainda escolas para as meninas. Houve crítica sobre esta reforma: A década de vinte foi marcada por diversos fatos relevantes no processo político brasileiro. Exemplo de latu sensu: O curso de doutorado no Brasil é o curso de maior grau acadêmico. Wikipédia, a enciclopédia livre. Lista de instituições de ensino superior do Brasil. Consultado em 11 de junho de O Estado de S.

Consultado em 6 de maio de Cópia arquivada em 11 de abril de ! El Paísed. Japan Bank for International Cooperation. Consultado em 13 de dezembro de Portal Educar para Crescer. O que o Enem tem a ver com as universidades?

História da Educação

Obtida de " https: Artigos que carecem de notas de rodapé desde janeiro de ! Artigos com dados desatualizados! Vistas Ler Editar Editar código-fonte Ver histórico.

1 Comentário

  1. Rebeca:

    El País , ed.